Não há coisa melhor que comida de feira

Em Nagy Vásárcsarnok (Mercado Central de Budapeste/Central Market Hall) os apaixonados por comida – como eu – se fazem com uma imensa variedade de comidas típicas húngaras, frutas frescas, doces, coisas derivadas de páprica e muito mais. Além disso, ali se encontram várias barraquinhas de artesanato e souvenirs. Ou seja, toda essa variedade consegue chamar a atenção de todo tipo de gente!

Na primeira vez que fui lá, vi muitas semelhanças com o Mercado Municipal de São Paulo (sdds bolinhos de bacalhau), onde a arquitetura do prédio e disposição das barraquinhas são bem semelhantes. Mas acho que as semelhanças acabam aí.

Ali no Mercado Central de Budapeste você pode ver uma imensidade de turistas tirando foto, húngaros comuns fazendo suas compras de feira e estudantes comendo alguma coisa rápida como lanche (a Universidade Corvinus fica bem ao lado), o que deixa o espaço bem agradável e multicultural.

Fachada do mercado

Fachada do mercado

Podemos notar duas áreas com disposições diferentes ali. No andar térreo se encontram as barraquinhas que vendem frutas, verduras, carnes, muita páprica e alguns quiosques que vendem doces maravilhosos! Tive o prazer de comprar muitas coisas boas como bolos e uns morangos super docinhos a preços muito acessíveis.

Morangos do mercado!

Morangos do mercado!

Fora as frutas, a seção de cima possui quiosques de souvenirs húngaros. Os preços ali são muito bons, especialmente comparados à Vacy ut., que é uma rua especializada em souvenirs e em turismo. Essa ruazinha fica bem em frente ao mercado.

No mercado, os principais souvenirs vendidos são os mesmos de sempre, como camisas temáticas, bolsas, bandeirinhas, ímãs de geladeira, chaveiros e muitos outros. Além destes, coisas tradicionais húngaras são vendidas, como bonequinhos de madeira, cubos de Rubik, bonecas folk feitas à mão, chapéus que remontam à época comunista, tapeçarias lindas, cristais e também muitas matrioshkas!

Além dos souvenirs, o primeiro andar também conta com alguns restaurantes especializados em comidas húngaras, e o meu favorito era um que vendia lángos doces e salgados.

P1010577

Lángos salgado

Lángos doces

Lángos doces

O lángos é, junto com o gyros, o kurtoscalács e o gulyas, um dos pratos húngaros mais famosos no mundo. Ele lembra muito uma pizza em tamanho menor (pouco maior que uma mão grande) e de massa mais grossa. Uma massa de pão é achatada e colocada para fritar no óleo. Após pronta, uma série de recheios são disponibilizados, como cream cheese, sour cream, alguns tipos de queijo, frango, calabresa, pimentão, tomate, cebola, e outros para os salgados, e nutella, chocolate, amêndoas, côco, canela, caramelo e mais para os doces. Você escolhe seu sabor de acordo com esses recheios e o come na mão. Esses lángos eram tão bons que eu já me desafiei a prepará-los aqui em casa. Posso dizer que ficaram bem gostosos!

O cheirinho daquele mercado é muito bom, e pra mim agora morando a milhares de quilômetros de Budapeste, nostálgico. De certeza, o mercado é um dos melhores lugares para se visitar (e comer) em Budapeste. Ele fica próximo à Liberty Bridge e ao lado da Universidade Corvinus – a mais importante de Budapeste. A estação de metrô mais próxima é a Kalvin Tér (linha azul e verde – assim que a famosa linha verde inaugurar), e uma pequena caminhada de uns dois a três minutos. É também possível chegar bem na frente do mercado nos trams 47 e 49 na estação Fovam tér.

Anúncios

Um comentário sobre “Não há coisa melhor que comida de feira

Os comentários estão desativados.