Airport review: Aeroporto di Milano – Malpensa (MXP)

O aeroporto de Malpensa em Milão junto com o aeroporto de Fiumicino em Roma são os hubs centrais para se chegar à Itália de avião. Hoje especialmente vim falar de Malpensa, dando algumas dicas úteis para quem pretende passar por lá.

Terminal 1 em Malpensa

Terminal 1 em Malpensa

Conexão direta com o Brasil? 

A LATAM oferece um voo direto de Guarulhos para Milão, e vice versa diariamente num A330. O voo de ida dura cerca de 11h30, e a volta, um pouco mais de 12h. O atendimento em solo é bom e não tenho nenhuma reclamação sobre o serviço em geral. O voo sai de São Paulo próximo à meia-noite e chega em Milão durante a tarde, pelas 15h. Na volta, o voo sai de Milão também à noite, próximo das 22h e chega em Guarulhos pouco antes das 6 da manhã.

Transporte para o centro: 

Existem 3 maneiras de ir ao centro de Milão. O aeroporto de Malpensa fica bem longe do centro da cidade (na verdade, o aeroporto se encontra num enclave no território de 7 comunas), o que deixa o transporte por táxi bem caro (cerca de uns 80 euros até o centro). As outras duas maneiras de chegar em Milão são por ônibus e pelo Malpensa Express.

Qual o sistema que escolhi afinal? 

Escolhi o Malpensa Express devido à praticidade do sistema, pois estava carregando muitas malas. O terminal onde se compram os tickets fica dentro do aeroporto, e é preciso apenas descer uma escada rolante, validar a passagem e entrar no trem. Existem dois destinos principais que o Malpensa Express leva: a estação central de Milão e a estação Milano Cadorna.
Acabei indo até Milano Cadorna, que havia uma baldiação com a linha vermelha do metrô. A estação mais próxima do meu hotel era a Duomo, e chegamos lá rapidamente.

Duty free: 

Encontrei em Malpensa um dos melhores duty frees que já vi. Existe uma enorme variedade de perfumes, bolsas, chocolates, souvenirs, doces, bebidas e sim, muitas (!!!) massas e temperos italianos à venda! Fora isso, existem outras lojas de estilistas italianos com produtos bem baratos.

Alimentação: 

Existe uma boa variedade de restaurantes e fast food por lá. Não é desculpa para ninguém ficar com fome! ;)

Imigração: 

A princípio ela é super tranquila, até demais. O oficial de imigração apenas pediu nossos passaportes e carimbou, sem fazer nenhuma pergunta. Pegamos as nossas malas, e na saída, uma série de policiais (estavam com um distintivo, semelhante à da Polícia Federal aqui no Brasil) abordavam todas as pessoas. Um deles me abordou e perguntou quanto tempo eu iria ficar na Itália. Eu respondi em inglês que iria ficar por lá até o natal, e que depois iria até a Alemanha. Ele me deixou passar sem problemas.

Wifi: 

O aeroporto oferece 3o minutos de wifi grátis por dia. Para isso, é necessário fazer um cadastro rápido e o acesso é facilmente liberado.

Atendimento especial: 

Na volta, havia machucado meu pé num acidente e só conseguia andar com a ajuda de muletas. Recebi todo o apoio da TAM (que inclusive chegou a me oferecer uma cadeira de rodas, mas recusei) e do aeroporto para passar pelo raio-x e imigração. Na hora do embarque, tive prioridade e fui a primeira a entrar no avião, além de receber um atendimento todo especial pelos comissários de bordo da TAM. Ganharam pontos comigo. De maneira geral, o aeroporto de Malpensa tem um ok para mobilidade especial.

Tomadas: 

Não é difícil de se encontrarem tomadas no terminal.

Qual a diferença entre o terminal 1 e o 2? 

O terminal 1 é aquele que atende à quase todas as companhias aéreas, incluindo destinos dentro da Itália, UE e resto do mundo. O terminal 2 atende apenas operadoras low-cost, atendendo especialmente a EasyJet. Existe um shuttle que liga os dois terminais, com a duração de viagem estimada em uns 15 minutos entre terminais.

O aeroporto de Malpensa não é um hub aéreo como Frankfurt, Londres ou até mesmo Istambul. Mesmo assim, a viagem passando por lá certamente será tranquila e sem grandes problemas.

Acompanhe também:

Airport Review: Orlando Int’l Airport (MCO)
Airport Review: Flughafen München (MUC)
Airport Review: Flughafen Frankfurt am Main (FRA)
Airport Review: Paris Charles de Gaulle – Roissy (CDG)
Airport Review: Miami Int’l Airport (MIA)
Airport Review: San Francisco Int’l Airport (SFO)
Airport Review: Aeropuerto Internacional de Tocumen (PTY)
Airport Review: Chhtrapati Shivaji Int’l Airport (BOM)
Airport Review: Flughafen Wien (VIE)
Airport Review: Aeroport Sheremetyevo (SVO)
Airport Review: Budapest Liszt Ferenc – Ferihegy (BUD)

Airport Review: Istanbul Atatürk (IST)
Airport Review: Aeroporto da Portela (LIS)

Airport Review: Chicago O’Hare Int’l Airport (ORD)
Airport Review: Ministro Pistarini  – Ezeiza (EZE)

Anúncios

Um comentário sobre “Airport review: Aeroporto di Milano – Malpensa (MXP)

Os comentários estão desativados.