Dinheiro na Rússia

Priviet! Hoje vim falar sobre um detalhe muito importante para quem vai passar alguns dias na mãe Rússia, que é o câmbio. Dúvidas sobre como trocar dinheiro, quanto levar e outros pequenos detalhes são sempre frequentes para todos aqueles que me pedem dicas para viagem.

Primeiro, é necessário saber que a moeda vigente na Rússia é o rublo russo, e não RUBRO, plmdds. Na época que eu viajei, 1 real equivalia a 17 rublos. Hoje em dia, de acordo com o conversor do Bacen, real equivale a cerca de 13 rublos, ou seja, o rublo “se tornou mais forte”.

Enfim, vou esquecer a macroeconomia por um momento, mas fica meio óbvio para todos os viajantes, que com uma taxa de câmbio dessa proporção, já é possível notar que as notas do rublo tem valores “altos”. Existem moedas de 50 kopeeks (centavos), 1 rublo, 2 rublos, 5 rublos e 10 rublos.

Em notas, existem notas de 5, 10, 50, 100, 500, 1000 e 5000 rublos. A de 5 rublos aos poucos está entrando em desuso, então fica a dica.

Notas do rublo.

Notas do rublo.

E qual a melhor maneira de levar dinheiro pra Rússia? Escrevi esse post explicando as melhores maneiras de se levar dinheiro pro exterior, com prós e contras pra cada. Mas a melhor dica de todas é: diversifique! Leve papel moeda, cartão de crédito, débito, VTM, Western Union… melhor prevenir do que remediar!

Caso você pense em levar papel moeda, casas de câmbio que trocam rublos ainda são raras no Brasil, então o recomendável é que você troque uma terceira moeda (o euro seria mais recomendável), e troque uma pequena quantidade de dinheiro, como uns 50 euros no aeroporto, seja na conexão aérea ou já na Rússia. É obrigatório ter uma pequena quantidade de rublos ao sair do aeroporto para questões como transporte e primeiras despesas.

Eu friso a importância do papel moeda na Rússia pois muitos lugares ainda não aceitam cartão de crédito ou tecnologia semelhante. Mesmo em Moscou, uma cidade rica e cosmopolita, alguns lugares só aceitam dinheiro vivo. Então o recomendável mesmo é andar com dinheiro na Rússia.

Os melhores lugares para fazer essa troca de dinheiro do euro/dólar para o rublo são em casas de câmbio e em bancos. Mesmo com a dificuldade na comunicação, ainda é possível fazer essas trocas cambiais com segurança e com nenhum contratempo nos bancos. Também existem casas de câmbio, mas geralmente elas ficam em becos e não parecem nada confiáveis. Uma delas era tão bizarra que fiquei com medo de entrar sozinha.

Um ponto de atenção que posso dar também é que em alguns bancos, eles não aceitam notas amassadas, com resquícios de água, ou velhas. Fica a dica em levar notas bem novinhas.

Também já ouvi falar de uma praça em Moscou que trocam reais por rublos. Nunca fui até lá, mas não pense duas vezes: não confie em trocar reais diretamente por lá!

Aproveite sua viagem pra Rússia tranquilamente! E também prepare-se para gastar bastante em Moscou!

Anúncios