Visitando o Museu Sisi e os Kaiserappartements

Olá pessoal! Há algum tempo atrás fiz um post sobre lugares interessantes para se visitar no centro de Viena. Essa cidade é maravilhosa, cheia de arte, cultura, música e história, e grande parte das principais coisas da capital austríaca tem um dedo de influência da família Habsburgo.

Acompanhe também: No coração de Viena

Os Habsburgos foram uma linhagem imperial que dominou a Áustria até pouco depois da Primeira Guerra Mundial. Essa família era uma das mais importantes da Europa, assim como eram também muito tradicionalistas. Eles buscavam exprimir toda sua influência política e financeira através de construções, decorações e também em convenções sociais.

Um dos símbolos mais importantes de toda essa influência está presente no palácio Hofburg, localizado bem no centro de Viena. Ali, existe um museu que mostra um pouco como era a realidade da família imperial austríaca, assim como uma dedicatória à imperatriz Sisi, esposa do último imperador da Áustria, o Sisi Museum e os Kaiserappartements.

O museu começa com uma mostra de como os nobres austríacos viviam antigamente, através da prataria que pertencia à família imperial. Ali, o museu expõe alguns dos seus utensílios diários utilizados pelos nobres como pratos, talheres, e uma série de outros arranjos. Todos decorados e ornamentados com ouro, pinturas que remontavam à família imperial austríaca e claro, muito luxo.

P1020156

P1020158

P1020149

P1020142

P1020155

P1020157

Depois, somos direcionados à entrada do Sisi Museum, museu que é uma espécie de tributo à Sisi, a última imperatriz austríaca, eternizada em filmes, livros, e claro, uma série de pôsteres e cartões postais pela capital da Áustria. Lá, se encontram uma série de coisas sobre a Sisi, como roupas, cartas, diários, réplicas de joias e etc.

(Spoiler: não pode tirar fotos dentro do museu. Para tanto, as fotos deste post são do site oficial do Hofburg)

Acompanhe também: Sisi, a imperatriz da Áustria

Nesse post acima, contei um breve resumo da vida da Sisi, desde sua infância como princesa na Baviera até a seu assassinato em Genebra por um terrorista italiano. Apesar de sua história ser digna de um conto de fadas, historiadores e outros estudiosos hoje em dia afirmam que a pobre Sisi passou sua vida inteira sofrendo de uma série de problemas como a anorexia, doenças respiratórias e a depressão.

O Sisi museum apresenta algumas coisas que ajudam a retratar esse quadro. Uma das partes mais impressionantes do museu apresenta um manequim com as medidas reais da Sisi, e é impressionante como ela era alta e extremamente magra! A cintura dela era tão fina que algumas pessoas inclusive conseguem fechar a mão ao redor desta!

Um aspecto que também chama a atenção é o cabelo, gigantesco, que ia até a altura dos joelhos. Normalmente ele era adornado com cristais Svarowski, e arrumá-lo levava algumas horas por dia.

The Sisi Myth - click to enlarge image (opens in a lightbox)
(Créditos da imagem: Hofburg)

Room "The assassination" - click to enlarge image (opens in a lightbox)
(Créditos da imagem: Hofburg)

Room "Death" - click to enlarge image (opens in a lightbox)
(Créditos da imagem: Hofburg)

Para concluir a visita, passamos pelos Kaiserappartements, que são cômodos decorados da mesma maneira que costumavam ser há mais de 100 anos, quando a família imperial austríaca morava ali. Para variar, o local era muito luxuoso.

Waiting Room - click to enlarge image (opens in a lightbox)
(Créditos da imagem: Hofburg)

Bedroom of Emperor Franz Joseph - click to enlarge image (opens in a lightbox)
(Créditos da imagem: Hofburg)

Dressing and exercise room of Empress Elisabeth Elisabeth - click to enlarge image (opens in a lightbox)
(Créditos da imagem: Hofburg)

O museu funciona das 9:00 às 17:30 entre setembro e junho, e das 9:00 às 18:00 em julho e agosto. O preço do ingresso varia: com audioguia (€ 12,90) e no tour guiado (€ 15,90).

 

 

No coração de Viena

Em Viena, um dos principais hotspots para quem está por lá é o palácio Hofburg, um dos palácios oficiais dos Habsburgos, assim como Schönbrunn. Ele fica localizado no centro de Viena, próximo ao Parlamento, ao Rathaus, e a uma pequena distância a pé da Catedral de São Estevão.

Esse palácio é de grande influência histórica, sendo ele o centro de várias decisões tomadas por vários imperadores, onde o “Concerto de Viena” aconteceu, e hoje em dia, também abriga o escritório do Presidente Federal.

Hoje em dia, esse “complexo” de museus abriga várias coisas, sempre chamativas ao público, e que você tem que conhecer!

Wien

Wien

  • A coleção de prata imperial mostra diversos acessórios que faziam parte do cotidiano dos Habsburgos, como enormes centros de mesa, prataria refinada, pratos com decorações diferentes e outros tipos de louças e talheres que os membros da família imperial usavam no seu dia a dia. (Foco para os espremedores da Sisi).
  • O museu da Sissi mostra diversos aspectos da vida da imperatriz. Objetos pessoais, cartas, fotos e muitas coisas levam a uma jornada interessante e informativa sobre uma das mulheres mais reconhecidas da história.
  • A visita aos apartamentos imperiais mostra de fato como os membros da família Habsburgo viviam. Tudo num puro luxo e divina ostentação! Detalhes dos cômodos, roupas, árvore genealógica, quadros e muitas outras coisas são muito interessantes.

Seguem alguns objetos dos Habsburgos :)

P1020157

P1020155P1020142

P1020156

P1020158

P1020149

Essas três atrações fazem parte de um mesmo ingresso que custa um pouco mais de 13 euros, com direito a audioguia em vários idiomas. Além disso, existem outras coisas para se fazer ao redor de Hofburgo, como por exemplo:

  • A escola de equitação espanhola oferece apresentações de alguns dos melhores cavalos treinados do mundo, e também mostra ao público alguns treinos específicos. As vestimentas são tradicionais e existem apresentações rotineiramente por alguns países do mundo.
  • Andar de charrete em Viena é bem charmoso! Porém os preços são salgados, podendo chegar até a 50 euros por volta.
  • O museu de história natural de Vienna é super parecido a outros museus do tipo, mas com certeza tem seus destaques, possuindo uma das maiores e mais antigas coleções do mundo! O museu foca desde à evolução humana até fatos sobre o sistema solar.
  • O museu Albertina possui uma das maiores coleções de arte moderna do mundo. Ela possui diversos desenhos, obras impressionistas e também algumas pérolas de grandes artistas, como Monet.
  • O Volksgarten é junto com o Prater, um dos principais jardins de Viena. Ele fazia parte do complexo de jardins privativos do Hofburg, mas foi aberto ao público ainda no século XIX. Grandes compositores performaram por lá.
  • O Schmetterlingshaus é um borboletário que abriga várias espécies. O espaço é modesto, mas é bem confortável. Uma visita diferente para quem está em Viena.

20121228_130319

Claro que Viena é cheia de coisas para fazer, especialmente nesta região! Somente descobrindo tudo a pé é quando se tem uma real dimensão do potencial turístico da cidade.